quarta-feira, 3 de abril de 2019

Orquestra.

O suor na testa

Testa a resistência

E atesta o esforço

No osso, o músculo grudado

Fatigado em câimbra

Sombra projetada

Na parede branca

Emulando o movimento

Lento e devagar

Vago os dedos no teu corpo

Sopro quente e ofegante

Preso como presa em seus dentes

Imóvel olhar hipnotizante

Antes do auge, ruge

Urge o tempo em instante

Instrumentos sincronizados

Em ritmo e tempo

Maestria regente 

E afinados

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aproveita e comenta aí!