terça-feira, 4 de junho de 2013

Onde foi que eu te perdi?

Olhei pro lado e você não estava. Procurei na gaveta e debaixo da escada, olhei embaixo da cama e revirei o meu armário. Revirei meus documentos, virei a casa ao contrário. Refiz meus passos até em casa, voltei no banco e na padaria, simulei mentalmente minha rotina, repassei tudo que fiz no meu dia. Fui meio-dia a sorveteria e no parque cinco da tarde. Te procurei em todo lado mas você não estava.
Tentei lembrar de todos os lugares que estive com você mas acho que te perdi muito antes de tudo isso. Foi quando a gente brigou por causa de um filme ou aquela vez que esqueci nosso aniversário. Te perdi quando esqueci de te ligar para falar que te amava e quando esqueci de te dizer o quanto você me fazia feliz. Eu te perdi há muito tempo, mas só agora que percebi. Olhei pro lado e você não estava.
Te perdi e não vi, provavelmente nunca te mereci. Não importa muito onde você está, se não está aqui. A distância quando quer, é longe independente se são 3 metros ou 300 quilômetros. Quando percebi já era tarde demais. Quando as coisas acabam não vale muito olhar pra trás. Procurei nos bolsos, na cama e ali. Seu não sei onde você está, nunca vou saber onde te perdi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aproveita e comenta aí!