sábado, 27 de setembro de 2008

Rapidinha.

"Silêncio, estou tentando me concentrar!"

Foi quando me encontrei doido conversando com as vozes em minha cabeça. Interrompi-me imediatamente, pois não converso com gente doida.

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Ciclos de Amizade e Amizades Cíclicas

eu acho que ciclos de amizade são cíclicas. vocês entenderam o que eu estou falando? tem um grupo de pessoas que você se relaciona e esse grupo é sempre renovado com outras pessoas antigas saindo epessoas novas entrando e pessoas antigas voltando. e eu encaro tudo isso numa boa. sabe aquele cara que te deixa um recado falando "sumiu, cara! a gente precisa se ver"? pois é, ele é um exemplo duma pessoa que saiu do seu ciclo de amizades. isso não significa que ele não pode voltar. talvez vocês não estudem mais juntos, não morem mais perto, vai ver ele mudou pra porto alegre, como manter um contato tão próximo quanto era antes? eu nem tento. sei das limitações que a distância impõe e convivo bem com elas. sou estranho por causa disso? não estou falando pra você esquecer seu amigo que tá morando na suécia, não seja ignorante. estou falando que vocês não vão ter o mesmo contato que tinham quando ele morava em cima de você! talvez vocês se falem uma vez por ano pra perguntar como estão as coisas e quando ele volta ou talvez vocês troquem emails todos os dias. muita gente reclama de amigo que afastou, você não é mais o mesmo e essas coisas, preguiça dessa gente. e se o cara cansou da sua cara e não aguentava mais te ver? vai ficar perguntando pra ele até ele te responder mesmo? já tive melhores amigos que hoje mal vejo e não me sinto mal por isso. a vida é assim, as pessoas mudam. nem tenho vontade de correr atrás deles não, o que seriam dos meus atuais melhores amigos se os antigos ainda estivessem por aí? os gostos mudam, os programas mudam, seu pensamento muda. isso não quer dizer que o destino não pode pegar alguém do passado e trazer de volta. acontece muito e pode acontecer quando você menos esperar.





ps. Charles Bronson te despreza.

domingo, 21 de setembro de 2008

Pensamentos Avulsos.

Pensamento Avulso nº5: não acho boca grande bonita. essas modelos/atrizes de boca grande, não consigo achar bonitas. Grazi Massafera, Cicarelli e outras misses e ex-bigbrothers, não consigo. sério. não sei muito bem o que me incomoda nelas, talvez elas me lembrem um sapo, ou uma caçapa de sinuca. não dá, não dá. não estou falando de lábios grandes e volumosos, que são como almofadinhas, mas bocas largas. me sinto meio claustrofóbico, sabe?

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

Pensamentos Avulsos.

Pensamento avulso nº4: quem foi o idiota que disse que obras públicas geram votos? um dos principais motivos que não votarei no atual prefeito são as malditas obras públicas. ele teve 4 anos pra fazer tudo que queria, mas não, tem que deixar tudo pro ultimo ano de governo, pra poder mostrar serviço. do lado da minha casa estava num esquema de cavaburaco/tampaburaco que estava insuportavel. resultado: em qualquer lugar que você vai está em obras, o trânsito está um caos e você não sabe como chegar nos lugares. se eu gostasse de buraco e terra eu me mudava pro Grand Canyon.

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Não há super-heróis

Na vida real não há super-heróis
Na vida real não há uma segunda chance
Ninguém virá pra te salvar
Por que na vida real não há super-heróis

Ninguém vai entrar na frente da bala
Ninguém vai te segurar quando você cair
Ou chegar a tempo de te salvar do veneno
Por que na vida real não há super-heróis

Não há super-poderes, nem identidades secretas
Somos todos os vilões prestes a dominarmos o mundo
Precisamos é de heróis para nos salvar de nós mesmos
Por que na vida real não há super-heróis.

Guardiões da esperança ou salvadores da pátria
Na vida real não há super-heróis
Vingadores do mal ou homens de máscara
Na vida real não há super-heróis




obrigado.

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Pensamentos Avulsos.

Pensamento avulso nº3: carteiro é uma profissão solitária. você anda nas ruas e entrega cartas, mas como ninguém mais manda cartas, seu trabalho se resume a entregar cobranças, você é algo como um mensageiro do mal e anda debaixo do sol pra isso. e nem tem ninguém com você pra isso, tipo um varredor de rua ou um cortador de cana. não que os cortadores de cana estejam em situação melhor, ou os garimpeiros, ou as crianças da tailândia que fabricam tênis da nike. bem, não estou aqui para resolver os problemas do mundo mesmo.